No aeroporto de Helsinque, capital da Finlândia, a batalha contra a covid-19 ganhou aliados de quatro patas. Um experimento está usando cães farejadores na detecção do coronavírus. Passageiros que se voluntariam a participar limpam o pescoço com um pano, que é dado para os animais cheirarem. Um latido significa que o vírus causador da covid-19 foi encontrado – mas como a técnica ainda não foi alvo de estudos comparativos, os passageiros com "teste positivo" são aconselhados a colher amostras para o exame convencional. Mas a professora responsável pelo estudo garante que funciona, e que os cães são capazes de identificar o vírus cerca de cinco dias antes dos sintomas aparecerem. Outros especialistas, no entanto, pedem cautela. Veja no vídeo.

Curtiu? Inscreva-se no canal da BBC News Brasil! E se quiser ler mais notícias, clique aqui: www.bbc.co.uk/portuguese

#BBCNewsBrasil #Cães #Coronavírus #Finlândia