Barros também minimizou a fala do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre Bolsonaro estar voltando "ao tamanho normal" depois de uma votação expressiva em 2018. Na avaliação dele, a declaração não altera o jogo de forças do Congresso.
————————-
Bem-vindo ao canal do UOL no YouTube. Aqui você encontra notícias direto da redação, tudo sobre política, matérias especiais e o melhor do mundo do entretenimento.

** INSCREVA-SE NO CANAL: http://bit.ly/2xolCQ2